Rubens Valente, Carol Pires e André Borges ganham Prêmio IREE de Jornalismo

Colunista do UOL, Rubens Valente é o vencedor do Prêmio IREE de Jornalismo com a série de 19 reportagens iniciada com “Ação sigilosa do governo mira professores e policiais antifacistas”, publicada em 24 de julho deste ano. Rubens Valente receberá R$ 50 mil reais.

O Prêmio IREE de Jornalismo – Política foi conferido à série de reportagens “Retrato narrado” de Carol Pires, da revista piauí. Publicado como um conjunto de seis podcasts, o trabalho de Carol Pires constitui um perfil do presidente Jair Bolsonaro. Carol Pires fará jus a R$ 30 mil.

O Prêmio IREE de Jornalismo – Economia e Negócios foi concedido a André Borges, de O Estado de S. Paulo, pela reportagem “Petrobrás tem ‘depósito’ irregular no mar”, publicada em 2 de agosto. André Borges também receberá R$ 30 mil.

A comissão julgadora do Prêmio IREE de Jornalismo decidiu conferir menções honrosas aos jornalistas Bruna Narcizo, da Folha de S. Paulo, Nancy Dutra e equipe, do Fantástico, e Patrik Camporez, de O Estado de S. Paulo.

Bruna Narcizo escreveu as reportagens “Fundo gerido pelo BTG faturou 30% com ‘cavalo-de-pau’ da Selic” e “Marcelo Odebrecht acusa pai de levar empresa à recuperação judicial”. Nancy Dutra e equipe são autores dos trabalhos “Exclusivo – detalhes inéditos da investigação do Facebook que derrubou perfis bolsonaristas” e “Revolução 5G”. Patrik Camporez assina as séries “A caixa preta que não existiu”, sobre a suposta caixa preta do BNDES, a “Guerra das águas”, sobre as violentas disputas pelos mananciais do país, e outra sobre os efeitos das medidas de liberação de armas e furtos de armamentos e munições das forças de segurança.

A excelência desses trabalhos foi destacada pela comissão julgadora composta pelos jornalistas Américo Martins, Alexa Salomão, Cristiano Romero, Francisco Leali, Ricardo Grinbaum e Wellington Silva. O IREE decidiu premiar as menções honrosas. Bruna Narcizo, Nancy Dutra e Patrik Camporez receberão R$ 10 mil cada um.

O IREE é uma organização independente voltada à promoção do debate democrático e pluralista e ao aperfeiçoamento da interação dos setores público e privado. O IREE reconhece o papel crucial do jornalismo no progresso institucional do país. O Prêmio IREE de Jornalismo é uma homenagem aos profissionais que se dedicam à disseminação da informação, do conhecimento, à defesa da liberdade de expressão e de opinião.

2020 foi o ano do grande jornalismo!

O ano de 2020 não foi só o ano da pandemia. Com uma crise atrás da outra no Brasil e no mundo, quem saiu vitorioso foi o jornalismo, mostrando tudo que a população precisava e deixando a situação muito melhor do que seria se não tivéssemos informação de qualidade.

E o Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa (IREE) deixará esse ano gravado para sempre, celebrando junto com você a primeira edição do “Prêmio IREE de Jornalismo”.

Vamos premiar as melhores reportagens publicadas entre 15 de novembro de 2019 e 15 de novembro de 2020 sobre política, economia, negócios e assuntos nacionais. Uma comissão do mais alto nível elegerá os melhores trabalhos inscritos, tenham eles sido veiculados em meio impresso, digital ou audiovisual.

 

PREMIAÇÕES

Principal

Prêmio IREE
de Jornalismo

50 mil reais

Política

Prêmio IREE
de Jornalismo

30 mil reais

Economia e Negócios

Prêmio IREE
de Jornalismo

30 mil reais

Comissão julgadora

Alexa Salomão

editora de Mercado da Folha de S. Paulo

Américo Martins

vice-presidente de jornalismo da CNN

Cristiano Romero

editor-executivo do Valor Econômico

Francisco Leali

coordenador da sucursal de O Globo em Brasília

Ricardo Grinbaum

editor-executivo de O Estado de S. Paulo

Wellington Silva

consultor de
comunicação

REGULAMENTO

O Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa (IREE) é uma organização independente, apartidária e sem fins lucrativos destinada a promover o debate democrático e pluralista. Tem como missão contribuir com aperfeiçoamento das interações entre os setores público e privado e com o aprimoramento institucional do país.
O Prêmio IREE de Jornalismo expressa o compromisso do IREE com a liberdade de expressão, de informação e de disseminação do conhecimento. Manifesta também o reconhecimento devido àqueles que dedicam suas vidas profissionais a esses princípios, que alicerçam a sociedade democrática.

O Prêmio IREE de Jornalismo se orientará pelas disposições.

1. O Prêmio IREE de Jornalismo é destinado a reportagens publicadas entre 15 de novembro de 2019 e 15 de novembro de 2020 em veículos de imprensa, sejam jornais, revistas, sites, canais de rádio e de TV.

2. O prazo de inscrição se encerra, impreterivelmente, à 00h00 do dia 16 de novembro deste ano.

3. O Prêmio IREE de Jornalismo será concedido em três categorias: Prêmio IREE de Reportagem, Prêmio IREE de Reportagem – Política e Prêmio IREE de Reportagem – Economia e Negócios.

4. Os trabalhos devem ser inscritos por seu próprio autor por meio do site do IREE (www.iree.org.br) ou diretamente na página iree.org.br/jornalismo/.

5. Serão aceitos trabalhos publicados originalmente em português no Brasil.

6. Os vencedores serão selecionados por uma comissão julgadora composta por jornalistas profissionais amplamente reconhecidos. O secretário dessa comissão será um jornalista profissional indicado pelo IREE.

7. A seu critério, o IREE poderá ampliar a comissão julgadora ou indicar mais jornalistas profissionais para assessorar a comissão na seleção dos trabalhos.

8. O vencedor do Prêmio IREE de Reportagem será agraciado com um cheque no valor de R$ 50.000,00. O vencedor do Prêmio IREE de Jornalismo – Política receberá um cheque de R$ 30.000,00. O vencedor do Prêmio IREE de Jornalismo – Economia e Negócios também receberá um cheque de R$ 30.000,00.

9. As decisões da comissão julgadora, sobretudo no que dizem respeito à seleção dos vencedores, são definitivas e não passíveis de questionamentos ou recursos.

10. Os prêmios serão entregues em cerimônia em São Paulo em local e hora a serem definidos pelo Prêmio IREE de Jornalismo. Os vencedores devem comparecer à premiação.

11. Quaisquer lacunas do presente regulamento ou dúvidas sobre sua aplicação serão dirimidas pelo IREE e/ou pelo secretário da comissão julgadora, a quem cabe ouvir e buscar consenso com os demais integrantes.

12. O ato de inscrição do trabalho no prêmio implica na aceitação integral de todos os termos dispostos neste regulamento.

13. O Prêmio IREE de Jornalismo entende que é o ato de inscrição voluntário e corresponde à concordância com os termos do regulamento por parte do autor quanto do veículo de comunicação em que o trabalho foi publicado.

14. Ao inscrever os trabalhos, tanto os autores quanto os veículos em que os trabalhos foram publicados concordam com a divulgação não comercial de partes, trechos e/ou imagens dos vencedores.

15. Dúvidas, questionamentos ou queixas que ultrapassem a alçada da comissão julgadora do Prêmio IREE de Jornalismo podem ser encaminhadas à diretoria do IREE.

16. O IREE poderá constituir instrumento de auditoria e controle externo para verificar prévia ou posteriormente o seguimento do regulamento e à lisura da escolha do Prêmio IREE de Jornalismo.

17. Os termos desse regulamento estão registrados em Cartório de Ofício de Registro e Notas da Cidade de São Paulo.

 

São Paulo, 14 de outubro de 2020 

Walfrido Warde
Presidente do IREE

Rafael Valim
Diretor Cultural do IREE

Felipe Patury
Secretário do Prêmio IREE de Jornalismo