Financiamento de campanha e crimes digitais foram temas de Seminário – IREE

Cobertura

Financiamento de campanha e crimes digitais foram temas de Seminário

A prevenção de ilícitos financeiros no setor bancário, o uso de criptomoedas por organizações criminosas e as consequências do desligamento do financiamento empresarial nas campanhas eleitorais foram alguns dos temas debatidos por autoridades no Seminário Internacional sobre Segurança Pública, Direitos Humanos e Democracia, realizado no IDP em Brasília.

Confira os destaques!

“Há um intenso processo de treinamento, de capacitação, de qualificação dos colaboradores dos bancos. Prevenir ilícito financeiro é hoje um ativo relevantíssimo para o setor bancário.” – Isaac Sidney | Crimes financeiros digitais

“E a criptomoeda é uma realidade hoje, então por exemplo, se estamos investigando uma grande organização criminosa ligada à milícia, você pode ter certeza que os milicianos estão lavando dinheiro em criptomoedas, que é muito mais fácil, e como o senhor mesmo disse, pouco regulamentada no mundo inteiro.” – Denise Neves Abade | Lavagem de dinheiro com criptomoedas

“Nós precisamos reinstituir o financiamento empresarial de campanha não apenas porque ele é condição de uma disciplina do combate à corrupção, mas antes e mais importante do que isso, porque esse financiamento empresarial de campanha, ele é condição do combate ao crime organizado no Brasil.” – Walfrido Warde | Financiamento de campanhas políticas, combate à corrupção e crime organizado

“A gente teve a impressão que desligando o dinheiro das empresas a gente traria outros problemas do que aqueles com os quais a gente tem que lidar, e o que está acontecendo então a partir desse desligamento desse ativo que é o dinheiro da pessoa jurídica na campanha eleitoral? A gente está tendo que lidar com o problema, com outros problemas além desse problema da escassez, que é de concentração dos recursos públicos em determinadas campanhas potencializando uma questão, que no Brasil é endêmica, que é a conversão de eleições naqueles que já se elegeram.” – Marilda de Paula Silveira | Financiamento de campanhas políticas, combate à corrupção e crime organizado



Leia também