“Precisamos de um Estado regulador e não de um Estado produtor”

29/03/2018 por ireebrasil


O economista Andrea Calabi defende nesta entrevista concedida a Walfrido Jorge Warde Jr. um estado regulador, com premissas de longo prazo, para mobilizar capitais privados em projetos de interesse público. Ele diz também que o Brasil necessita de estruturas institucionais e macroeconômicas mais estáveis para poder alongar os horizontes de planejamento.

Calabi fala sobre a urgência de reformas, como a previdenciária e tributária, e se diz otimista com o futuro do Brasil: “nenhuma grande empresa mundial pode se dar ao luxo de não participar do nosso mercado”.

Andrea Calabi presidiu o Banco do Brasil e o BNDES e é professor de Economia na FEA-USP.

 

“Precisamos de um Estado regulador e não de um Estado produtor” | Andrea Calabi – 1ª parte [13’02”]

“O Brasil resolve seus problemas com crescimento econômico” | Andrea Calabi – 2ª parte [22’51”]


Tags: Andrea Calabi, economia, empresas, Estado, IREE TV, Reformas,

Vídeos relacionados


O empreendedorismo é a vida do Brasil | Jorge Caldeira

O escritor Jorge Caldeira analisa o papel do Estado na história do Brasil e diz que o país foi o primeiro espaço no mundo em que uma ideia passou a vigorar, a de que um indivíduo poderia morrer numa condição diferente da que tinha quando nasceu porque fez algo. O universo empreendedor, que hoje é global, é a vida do Brasil

Saiba mais

“Redistribuição de renda faz uma economia mais dinâmica”

A economista Laura Carvalho fala sobre o projeto econômico que está sendo desenvolvido para a campanha de Guilherme Boulos (PSOL) à presidência da República. Segundo ela, o momento é de pensar um projeto viável, tecnicamente sólido e que tenha o combate às desigualdades como foco

Saiba mais

“Falta alguém disposto a ser o campeão da reforma previdenciária”

O economista Alexandre Schwartsman projeta os efeitos do adiamento da discussão sobre a reforma da Previdência, diz que a responsabilidade é grande sobre o próximo governo e analisa o discurso “de centro” defendido por uma parcela dos possíveis candidatos na eleição presidencial deste ano.

Saiba mais