“A desigualdade é o grande dilema do mundo político”

29/01/2018 por ireebrasil


O cientista político Rafael Cortez fala sobre os desafios que a classe política, em especial a próxima presidência da República, terá que enfrentar a partir de 2019. Ele prevê que “o próximo mandato será um mandato de escolhas difíceis” e que “tende a ser reformista do ponto de vista constitucional”. Nesta entrevista à IREE TV, Cortez traça um panorama das próximas eleições, da polarização e do papel que o centro poderá ter na campanha.

Rafael Cortez é doutor em Ciência Política pela USP, professor universitário e especialista em instituições brasileiras, política comparada e economia política. É membro da equipe da consultoria Tendências.


Tags: Democracia, eleições, política, Rafael Cortez,

Vídeos relacionados


“O custo de entrada na democracia brasileira é alto. E por isso a renovação é baixa”

O cientista político e professor do Insper Fernando Luís Schüler prevê em entrevista à IREE TV que, em que pese os muitos movimentos de renovação da política surgidos recentemente no Brasil, a renovação da representatividade nas próximas eleições deve ser baixa

Saiba mais

“É um perigo o candidato da direita se fortalecer”

O cientista político José Álvaro Moisés fala da disputa pelo “centro”, a movimentação dos partidos e o risco, na avaliação dele, de se abrir espaço para o avanço de extremistas com discursos que têm aceitação de parte da população

Saiba mais

“Falta alguém disposto a ser o campeão da reforma previdenciária”

O economista Alexandre Schwartsman projeta os efeitos do adiamento da discussão sobre a reforma da Previdência, diz que a responsabilidade é grande sobre o próximo governo e analisa o discurso “de centro” defendido por uma parcela dos possíveis candidatos na eleição presidencial deste ano.

Saiba mais