“A desigualdade é o grande dilema do mundo político”

29/01/2018 por ireebrasil


O cientista político Rafael Cortez fala sobre os desafios que a classe política, em especial a próxima presidência da República, terá que enfrentar a partir de 2019. Ele prevê que “o próximo mandato será um mandato de escolhas difíceis” e que “tende a ser reformista do ponto de vista constitucional”. Nesta entrevista à IREE TV, Cortez traça um panorama das próximas eleições, da polarização e do papel que o centro poderá ter na campanha.

Rafael Cortez é doutor em Ciência Política pela USP, professor universitário e especialista em instituições brasileiras, política comparada e economia política. É membro da equipe da consultoria Tendências.


Tags: Democracia, eleições, política, Rafael Cortez,

Vídeos relacionados


Timothy Power faz um diagnóstico da democracia brasileira pós-impeachment

O diretor do Programa de Estudos Brasileiros do Latin American Centre da Universidade de Oxford, Timothy Power, faz um diagnóstico da democracia brasileira pós-impeachment, do papel do Brasil na América Latina e analisa o quadro de candidaturas à presidência da República em 2018.

Saiba mais

“A Igreja católica não é curral eleitoral para ninguém”

O Padre Júlio Lancelotti, militante em defesa dos Direitos Humanos, sobretudo de moradores de rua em São Paulo, fala sobre o ativismo político das igrejas, sobre o que ele chama de falta de coerência do Judiciário e da sua ação em defesa dos “refugiados urbanos”.

Saiba mais

“O custo de entrada na democracia brasileira é alto. E por isso a renovação é baixa”

O cientista político e professor do Insper Fernando Luís Schüler prevê em entrevista à IREE TV que, em que pese os muitos movimentos de renovação da política surgidos recentemente no Brasil, a renovação da representatividade nas próximas eleições deve ser baixa

Saiba mais